Acessar Registrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Criar uma conta

Todos os campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
Email *
Verifar email *
Captcha *

10set2020 supermercado extra da freguesia do o em sao paulo limita pacotes de arroz por cliente 1599831908839 v2 900x506

A projeção dos economistas para a inflação neste ano ainda está abaixo do centro da meta do governo para 2020
Imagem: Alex Silva/Estadão Conteúdo

Economistas consultados pelo BC (Banco Central) pioraram as previsões para a inflação e para a cotação do dólar ao final deste ano. Agora, o mercado prevê que o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) termine 2020 a 2,65% e o dólar feche o ano a R$ 5,35.

A estimativa de queda para o PIB (Produto Interno Bruto) em 2020 também teve leve melhora. Já a expectativa para a taxa básica de juros (Selic) foi mantida.
As projeções foram divulgadas hoje no Boletim Focus.

Apesar da alta, a projeção dos economistas a inflação este ano ainda está abaixo do centro da meta do governo para 2020, que é manter o IPCA em 4%, com uma margem de tolerância de 1,5 ponto porcentual (podendo variar de 2,5% a 5,5%).

Veja abaixo as previsões do Boletim Focus para 2020:
- Inflação: subiu de 2,47% para 2,65%
- Dólar: subiu de R$ 5,30 para R$ 5,35
- PIB: melhorou de -5,03% para -5%
- Selic: mantida em 2% ao ano.

 

Fonte: UOL - 19/10/2020

guia fornecedores