Cerveja sem álcool hidrata igual isotônico

Os amantes de cerveja vão gostar dessa noticia, segundo um estudo realizado em Bruxelas a cerveja sem álcool é uma ótima opção para reidratação. "As cervejas sem álcool já são consumidas na Europa há bastante tempo como opção isotônico, pois são ricas em carboidratos e nutrientes que auxiliam na reidratação depois dos exercícios físicos", disse o beer sommelier Deminan Salles.

O pesquisador Manuel Castillo, da Universidade de Granada, expôs os resultados de um estudo que consistiu em medir a reação do corpo à ingestão de água ou cerveja após a realização de esforço físico intenso. "Realizamos o estudo para comprovar se o costume de tomar cerveja depois do exercício era recomendável", explicou Castillo.

A conclusão foi de que uma quantidade moderada de cerveja "não prejudica a hidratação após o exercício". Tomar cerveja seria "a mesma coisa que tomar água", por isso é recomendado o consumo da bebida fermentada a todas as pessoas que não tenham nenhuma contraindicação.

A cerveja sem álcool é uma bebida fermentada elaborada com os mesmos ingredientes naturais que uma cerveja tradicional: água, malte, lúpulo e levedura, a única diferença é que foi retirado parcialmente ou na totalidade o álcool.

Além disso, é uma bebida extremamente hidratante, possui 95% de água, de baixo valor calórico (aproximadamente 17 kcal/ 100 ml) e pode fazer parte de uma dieta equilibrada já que contém vitamina B (especialmente ácido fólico), fibra, minerais (silício, cálcio, potássio e magnésio) e antioxidantes naturais.

Terceira idade deve beber cerveja sem álcool

A cerveja sem álcool também pode desempenhar um papel muito importante na teceira idade. Com o avançar dos anos há uma diminuição dos mecanismos homeostáticos que contribuem para manter o equilíbrio hídrico, o que contribui para uma maior probabilidade de ocorrerem desidratações.

Pessoas de idade muito avançada demonstram, por vezes, insuficiente sentido de sede, passando assim demasiado tempo sem ingerir líquidos. A cerveja sem álcool pode ser uma bebida de eleição neste período, pois para além de ser muito hidratante, contém potássio (de 200 a 450 mg/ l) e é pobre em sódio, pelo que pode ser uma opção recomendável em qualquer dieta hipossódica e especialmente em pessoas com hipertensão.

Fonte: Portal Benício – 20/10/2014