A cerveja protege contra a carência de ácido fólico

 

Mulheres na gravidez e na amamentação possuem uma considerável elevação da necessidade de ácido fólico. Sobre isso chama a atenção a Sociedade para Medicina da Alimentação e Dietética (GfED) em Aachen – Alemanha.


Assim uma carência de ácido fólico na gravidez pode ser, por exemplo, um motivo para partos prematuros. A cerveja, também em suas variantes sem álcool, é um dos melhores fornecedores de vitaminas: um litro de cerveja contém mais de um terço das necessidades diárias de um adulto em ácido fólico. Cervejas sem álcool podem ser assim um importante complemento alimentar para todos adultos, mas principalmente para mulheres grávidas e que amamentam com uma elevada necessidade de vitaminas e substâncias minerais.


Estudos científicos demonstraram: a cerveja, através de seu conteúdo de fermento e malte, é um dos mais eficientes fornecedores de vitaminas entre os alimentos: ela contém elevadas concentrações da importante Vitamina B e mais de 30 diferentes substâncias minerais e oligoelementos. Assim, um litro de cerveja (também sem álcool), cobre quase que a metade da necessidade diária de magnésio, 65% da necessidade de niacina por dia, cerca de 20% da necessidade diária de um adulto em potássio ou precisamente 38% da necessidade diária de ácido fólico. Para ingerir a mesma quantidade de ácido fólico através de outros alimentos, um adulto deveria, por exemplo, comer 0,5 kg de tomates ou beber 1,5 litros de leite.


E ainda melhor: não apenas o puro teor de vitaminas decide sobre o valor de um alimento: as vitaminas devem poder ser bem absorvidas pelo corpo. Estudos mostraram de modo inequívoco, que as vitaminas contidas na cerveja podem ser absorvidas pelo organismo particularmente bem e rápido. Isso comprova o que as gerações passadas já sabiam: a cerveja é - se consumida de modo moderado – uma contribuição muito importante para uma alimentação saudável, equilibrada e uma alimentação complementar. E na sua variante sem álcool, também para grávidas e mulheres que amamentam.


Fonte: DBB

Traduzido e Adaptado por Matthias R. Reinold