Queres ter os cabelos e pele bonitos? Bebe cerveja, diz estudo! | Fevereiro | 2016

A cerveja começa a redimir-sediante do espelho dados os seus benéficos para os cabelos e pele. É o caso da Bioeffect, empresa criada há dois anos na Islândia, fabricante de um cosmético poderoso à base de cevada, que já se tornou o novo amor de quem procura juventude.

“À medida que envelhecemos, a pele perde colágeno e elastina e as rugas começam a aparecer. Além disso, diminui a nossa produção natural de EGF, que é o fator de crescimento epidérmico, uma proteína que promove a renovação celular“, explica a médica Graça Tavares, da Sociedade Brasileira de Dermatologia. A aplicação do EGF na pele estimula a formação de novas células e minimiza o efeito visível do envelhecimento. “Esses cientistas islandeses conseguiram extrair o EGF da cevada, o que até então dependia da ação de bactérias“, completa ela.

É fundamental que a cerveja seja de boa qualidade e bastante encorpada, o que indica que ela tem boa concentração dos ingredientes.

Em 2009, atriz Catherine Zeta-Jones provocou surpresa ao declarar ao jornal britânico Daily Mail que usava uma máscara de cerveja e mel para condicionar os cabelos, mesmo “que fique a cheirar como o fundo de um barril por dias“.

Já para quem leva mais fé na indústria cosmética do que nas misturas caseiras, ou acha mesmo que lugar de cerveja é no copo existe uma alternativa.

“Dentro da linha de tratamento capilar, temos o shampoo e o condicionador com extrato de levedo de cerveja. É rico em vitaminas do complexo B e vitamina E, que reforça, dá brilho e volume e é indicado para quem tem cabelos finos. Antes do seu lançamento, há cinco anos, todos os testes comprovaram a capacidade de hidratação e restauração da fórmula“, informa Marília Filardi Peixoto, química responsável pelo sector de desenvolvimento de produtos da Payot. Os cosméticos estão disponíveis em lojas do ramo em todo o país e on line, pelo próprio site da empresa.

Ou seja, além de rótulos de cervejas, agora produtos de beleza também são um prato cheio para cervejeiros viajantes.

Fonte: PINN http://portugueseindependentnews.com/ - 22/02/2016