Spa oferece banho de cerveja na República Tcheca

 

Um SPA de Chodova Plana, uma cidade a 100 quilômetros de Praga, na República Tcheca, criou um banho com ingrediente especial pra cuidar da pele e melhorar a circulação sanguínea: a cerveja.

 

No local, o paciente não só bebe como também toma banho de cerveja. A única diferença é a temperatura da bebida, uma vez que, para beber, a cerveja é gelada e, para tomar banho, é morninha.


O SPA parece o balcão de um bar. A aparência, porém, não engana: no lugar de garçonetes há enfermeiras que prestam serviço na clínica de repouso.


A cerveja da banheira é aquecida em torno de 50ºC. De acordo com os médicos responsáveis pela clínica, o aquecimento é para auxiliar na desobstrução dos poros, incentivar a circulação sanguínea e proporcionar o relaxamento da musculatura.

 

O caldo ainda recebe uma dose extra de cevada, considerada um dos segredos do tratamento. A cevada, que tem a textura de um creme, teria a capacidade de deixar a pele mais hidratada. Pacientes afirmam que, além de relaxante, o mergulho na cerveja deixa a pele mais sedosa por dois ou três dias.

 

Produção própria: O SPA produz a própria cerveja. Na clínica, tudo o que se bebe e o que se come é à base de cevada e está incluído no preço: o equivalente a R$ 3 mil por uma semana de internação.

 

Em uma gruta, embaixo do terreno em que a clínica foi construída, fica o restaurante e também o bar. Tudo à disposição dos pacientes. Os interessados podem visitar a cervejaria e acompanhar todo o processo de fabricação desta que é a bebida alcoólica mais consumida do mundo.


Em qualquer parte da clínica há torneiras com cervejas. Por conta disso, os donos da clínica advertem: depois de se internar, não dirija.

 

Sem prova científica: Segundo Omar Luppi, presidente da Sociedade Brasileira de Dermatologia, não há prova cientifica de que tomar um banho de cerveja ou aplicar cerveja melhore a pele.


“Praticamente não se absorve nada de grandes substâncias ou moléculas através da pele. Tanto é que a gente entra em um banho qualquer ou em uma piscina a pele vai ficando enrugada. A gente vai perdendo água, e não ganhando”, diz.


Segundo Luppi, provavelmente os benefícios até existem no tipo de tratamento, mas possivelmente não têm relação com a temperatura alta. “A temperatura alta faz a gente suar e, com isso, a gente pode desobstruir algum poro, mas isso provavelmente poderia ser obtido perfeitamente se você estivesse dentro de água com a mesma temperatura", afirma.

 

Fonte: G1 (Globo), com informações do Fantástico – 08/11/2009