Será que beber com o “estômago forrado” realmente evita que você se embriague? A Ciência responde | Junho | 2016

Muitos “bebedores inveterados” juram que é bom “forrar o estômago” antes de sair para tomar uns drinques — e alguns sugerem que “enganar o estômago” é muito eficaz.

Mas será que isso é verdade?

Como todos os meios que existem para combater um pileque, esse também não vai deixar você livre da ressaca — isto é, não adianta você se empanturrar de pizza, pois isso não vai fazer com que você fique sóbrio em um piscar de olhos.

Mas isso funciona — e temos evidência disso. O Serviço Nacional de Saúde britânico (NHS na sigla em inglês) afirma: “Beber com o estômago cheio retarda a absorção do álcool pelo organismo.”

No entanto, o que o NHS não diz é quanta diferença isso faz — e essa diferença é bem grande.

No início deste ano, um documentário da BBC, ‘The Truth Behind Alcohol’ (A Verdade por trás do Álcool, em tradução livre), testou essa teoria com a ajuda de dois voluntários — um deles bebeu um grande copo de vinho, com o estômago vazio, e o outro bebeu a mesma quantidade de vinho, com o estômago cheio.

Vídeo: https://youtu.be/RrfaiTqPi_0

Depois de 20 minutos, o voluntário que estava com o estômago vazio fez o exame do bafômetro e o resultado foi 44, enquanto que o que havia comido antes de beber obteve 23. Depois de uma hora, o teste foi repetido e as medições foram: 32 (o que não comeu nada) e 15 (o que havia feito uma refeição).

Blog de Rob Waugh no Yahoo

Fonte: Yahoo Notícias Internacional – 20/06/2016