Na busca pela hidratação, vale até cerveja no verão

Nutricionistas lembram que bebida deve ser consumida de forma moderada. O ideal é ingerir duas latas por dia, dizem.

RIO — Com o forte calor, a hidratação aparece como prioridade nesta estação. Além da ingestão de pelo menos dois litros de água por dia, especialistas lembram que outras bebidas são importantes para manter o bom funcionamento do organismo durante o verão. Na lista, água de coco, frutas, chás e, acredite, até a famosa cerveja.

Médicos lembram que, apesar de a cerveja ser uma das bebidas favoritas dos brasileiros durante o verão, a bebida, mesmo contendo 95% de água, deve ser consumida de forma moderada.

— É claro que pode beber cerveja no verão. É um mito achar que bebidas alcoólicas fazem mal durante os dias mais quentes e de forte sol. Mas é importante ingerir, no máximo, duas latas por dia. Deve-se optar ainda pelas cervejas de baixo teor alcoólico, entre 3% e 8%. Assim, é possível apreciar a bebida sem comprometer seu efeito hidratante — diz o nutricionista João Carlos da Silva.

Já a endocrinologista Claudia Soares lembra ainda que o cardápio de bebidas ideais no verão é extensa. Ela cita isotônicos e água de coco, ricos em vitaminas e minerais, ajudando na reposição de eletrólitos perdidos no suor.

— Em dias quentes, ou durante a prática de atividades físicas, a atenção com a hidratação merece atenção redobrada, pois a perda hídrica é ainda maior. O importante é estar com o nível ideal de água no organismo e para não comprometer o rendimento físico e mental — destaca Claudia.

Há quem opte ainda por muitos sucos, com frutas ricas em água e em fibras. É o caso da estudante Maria Alves Ladeira.

— Gosto de beber uma cerveja no fim do dia. Mas não abro mão de muitas frutas no verão. Aproveito para fazer sucos de melancia, abacaxi, melão, pera e uva. São opções ricas em fibras e água.

O cardiologista Nabil Ghorayeb, especialista em medicina do esporte, confirma os benefícios da cerveja para a saúde com o consumo moderado. Mas a bebida não é recomendada para diabéticos, cardíacos e gestantes:

— Pesquisas realizadas por grupos de médicos pela Escola de Medicina Mount Sinai, em Nova Iorque, e pela Universidade Autônoma de Barcelona provaram que a cerveja também pode ser um importante meio de reposição de líquidos, carboidratos e eletrólitos. A bebida contém sódio e potássio, nutrientes que se perdem com o suor. Na Espanha, muitos atletas utilizam a cerveja, com moderação, na hora de se reidratar após os exercícios.

Fonte: globo.com – 13/02/2014