Mundo: diminui o consumo global de cerveja pela primeira vez em 30 anos

O consumo mundial de cerveja diminuiu em 2015 pela primeira vez em 30 anos, desde que a China, maior consumidor de cerveja do mundo, produziu menos do que no ano anterior, relatou a maior empresa de bebidas japonesa, Kirin Co. em 21 de dezembro

O consumo global caiu 0,3%, para 183,78 bilhões de litros, arrastado para baixo pelo declínio de 3,9% na China, onde as preferências do consumidor deslocaram-se para o vinho e uma campanha anticorrupção lançada pelo presidente Xi Jinping em 2013, desencorajou os almoços e jantares com funcionários do governo.

Mas a China ainda foi a responsável por quase um quarto do consumo total de cerveja.

Os Estados Unidos foram o segundo maior consumidor com 13,2%, seguido pelo Brasil com 5,1%, a Rússia com 4,7%, a Alemanha com 4,6% e o México com 4,0%. O Japão está classificado na 7ª posição com 2,9%, inalterada desde 2014.
O Vietnam encontra-se em nono lugar, acima do 11º no ano anterior, marcando o maior aumento de 7,7% entre os 25 países top, de acordo com dados compilados pela Kirin a partir de informações de associações da indústria e sua própria pesquisa em todo o mundo.

Em termos de consumo anual de cerveja per capita, a República Checa manteve o primeiro lugar para o ano em linha reta pelo 23º ano consecutivo, com 142,4 litros, seguido pelas Seychelles com 114,6 litros e Alemanha com 104,7 litros. O Japão consumiu 42,3 litros per capita na posição de número 55.

Fonte: E-malt.com - 19 de dezembro de 2016