Aperitivos são acompanhamento ideal para cerveja no fim de semana

Gastronomia - Harmonização com cerveja - CervesiaPara acompanhar a cervejinha no fim de semana, o sommelier do Bar Mercearia, Felipe Zuffo, ensina duas opções de petiscos para agradar a todos os gostos, sempre harmonizando as bebidas com os tipos de pratos. "Têm regras que são básicas, mas funciona também o intuitivo, o que é forte com o que é forte e o que é fraco com o que é fraco, senão a cerveja apaga o prato ou vice-versa", ensina.

Para a bruschetta de queijo gorgonzola e damasco a cerveja Trappistes Rochefort 10, e para acompanhar o frango a passarinho, a Bamberg Altbier. A bruschetta é uma receita que foi pensada para quem prefere fugir das frituras mesmo no bar, e mistura o gosto forte e salgado do gorgonzola com o doce do damasco, que ajuda a equilibrar. Já o frango a passarinho é tradicional em bares e botecos brasileiros. "É um dos pratos que a gente tem mais saída, vende a qualquer hora e é muito gostoso, acompanhado de cerveja fica melhor ainda", afirma Fernanda Buono, proprietária do Mercearia. Para fazer em casa, ela afirma que o segredo é deixar o frango já temperado de molho no suco de laranja por pelo menos duas horas.

Harmonizar petiscos com cervejas garante maior apreciação do sabor

A Bamberg Altbier foi escolhida para harmonizar com o frango a passarinho por ser um bom acompanhamento para pratos gordurosos e bem temperados. Ela é produzida pela Bamberg, que fica na cidade de Votorantim, no interior de São Paulo, considerada uma das cervejarias artesanais mais premiadas do mundo. Felipe Zuffo explica que essa cerveja segue um estilo alemão de alta fermentação, e tem notas mais carameladas, com uma presença marcante do lúpulo, que é o ingrediente que confere sabor amargo à cerveja.

Já a Trappistes Rochefort 10 é importada, produzida na Bélgica pela Abadia de Notre-Dame de St. Remy, um monastério dos monges trapistas, que acabaram ganhando notoriedade no meio cervejeiro pela qualidade das bebidas produzidas por eles. Ela é altamente encorpada e complexa, e seu teor alcoólico também é bastante elevado. "A gente vai harmonizar ela com a bruschetta porque é uma harmonização clássica, queijos azuis que são fortes combinam muito bem com uma cerveja é frutada, de alta fermentação", justifica Felipe. As notas frutadas combinam também com o damasco, outro ingrediente do prato.

◊ Serviço: O Bar Mercearia fica na rua 15 de Novembro, 1064. Telefone: (67) 3384-9622.

Fonte: O Estado On Line | Por Raquel de Souza – 08/11/2014