A cerveja no Brasil de 1951 a 1975 (Século XX)

 

1951
- 18 de Setembro - É instalada em Agudos - SP a Companhia de Cervejas Vienenses, com tecnologia e capital austríacos. (xxxx/????)

- A Cervejaria Brahma aumenta seu capital para Cr$360.000.000,00. (1948/1952)

1952
- 13 de Outubro - É transferida para a Brahma (1951/1953) a marca Elefante, antes percente á Cervejaria Continental (Bopp, Sassen, Ritter & Cia. Ltda). (1948/1953)

- A Destilaria Adelelmo Boretti & Cia, de Itapira - SP, que já vinha sendo desativada aos poucos, encerra definitivamente as suas atividades vencida pelo progresso e pela concorrência de outras marcas de cerveja. (xxxx/xxxx)

1953
- Janeiro - É constituída a Cervejaria e Maltaria da Serra Ltda, em Getúlio Vargas - RS. Com mais de 500 sócios onde nenhum detinha mais de 3% do capital social inicial e tendo Plácido Scussel como diretor. A Serramalte nasceu de um movimento comunitário iniciado a partir de uma proposta de Bernardo Kokemper (ex-diretor aposentado da Cervejaria Continental) que descobriu, em Getúlio Vargas, a cervejaria desativada Irmãos Bramatti Ltda, e fez contato com os proprietários da cervejaria, com as lideranças políticas e com os empresários. (xxxx/????)

- 12 de Outubro - É transferida para a Brahma (1952/1954) a marca Becker, antes percente á Cervejaria Continental (Bopp, Sassen, Ritter & Cia. Ltda) (1952/xxxx) que estava cedida á Cervejaria Sul-Brasil Ltda e Serrana Ltda. (????/????)

1954
- A Antarctica inaugura sua Maltaria no Jaguaré em São Paulo (1941/1955)

- A Brahma aos 50 anos já tem 6 fábricas e 1 Maltaria. (1953/1954)

- A Brahma torna a elevar seu capital para Cr$600.000.000,00. (1954/1954)

- A Brahma assume o controle acionário da Companhia Paulista de Cervejas vienenses, de Agudos - SP. (1954/1956)

- A Bebidas Leonardo Sell, de Rancho Queimado - SC, deixa de produzir cerveja se dedicando somente a linha de refrigerantes Pureza. (1940/xxxx)

1955
- A Antarctica (1954/1956) compra a Cervejaria Alta Paulista Industrias e Bebidas, estabelecida á Av. Castro Alves 61 - Marília - SP, da firma Ernesto Basta & Irmãos, formada por Ernesto, Domingos e Leonildo Basta, fabricantes das cervejas preta Basta e Bastinha. (????/xxxx) Constituindo a Cervejaria Bavária S/A, subsidiária da Companhia Antarctica Paulista - Indústria Brasileira de Bebidas e conexos (IBBC), passando a fabricar a Cerveja Bavária chopp, o chopp Bavária e refrigerantes.

1956
- 10 de Maio - A Brahma registra a cerveja DK. (1954/1962)

- É constituída pela Antarctica a Dubar S.A. - Indústria e Comércio de Bebidas. (1955/1957)

- É fundada, em Assis - SP, a Indústria e Comércio de Bebidas Cristalina, no início dedicada somente a fabricação de refrigerantes. (xxxx/????)

1957
- A Antarctica (1955/1960) adquire, em Campinas - SP, a antiga Fábrica de Cerveja e Gelo Colúmbia (????/xxxx), transformando o prédio em depósito de sua fábrica ao lado.

- A Cervejaria Polar lança a cerveja Polar Chopp em garrafa e barril.

- 24 de Junho - A Cervejaria e Maltaria da Serra Ltda., lança a cerveja Serramalte (1953/1918)

1959
- É criada a Cervejaria Polka, por Victor Ruschel, em Feliz - RS.

1960
- A Cervejaria Kranapel (ex-Feldmann) passa a pertencer a Alfred Feldmann, deixa de produzir cerveja e se dedica á produção de outras bebidas (encerra totalmente as atividades em 1978).

- A Antarctica, em 75 anos de história, a capacidade de produção de cervejas e refrigerantes cresceu cerca de 100 vezes, atingindo 3,9 milhões de hectolitros/ano.

1961
- O controle acionário da Cervejaria Bohemia é adquirido pela Companhia Antarctica Paulista, através dos Diários Associados, pelo jornalista Carlos Rizzini, então presidente da Bohemia que nessa época tinha uma produção de 10000 dúzias de garrafas por mês.

- 26 de Maio - A Brahma inaugura sua nova filial em Agudos - SP, com a incorporação da antiga Companhia Paulista de Cerveja Vienenses.

1962
- A cervejaria Bavária S/A, subsidiária da Antarctica em Marilia - SP, passa a se chamar Companhia Antarctica Paulista e deixa de produzir a cerveja e o chopp Bavária, produzindo somente refrigerantes.

- A Brahma inaugura mais uma filial na cidade do Cabo, em Pernambuco.

1963
- É instalada a Companhia Mineira de cervejas - CMC, produtora das Cervejas Ouro Fino e Ouro Branco. (xxxx/1972)

1964
- A Brahma instala uma filial em Cabo - PE.

- A Cervejaria Continental é incorporada á Brahma, passando a ser filial Rio Grande do Sul.

1965
- Iniciam-se os trabalhos das primeiras revendas exclusivas Brahma, constituídas em sua maioria por antigos funcionários da empresa.

1966
- Na Distilaria Nacional de Antonio Fabbri em Brodowsky - SP, os filhos Roberto e Amando Fabbri assumem a direção da indústria, mais uma vez seu nome é alterado, passando a se chamar "Distilaria Nacional Fabbri & cia. ltda. ", funcionando até hoje, na Praça dos Expedicionários, nº 147. (1934/1982)

- Nasce a Cerpa (Cervejaria Paraense), instalada numa área de 157.633 m2, ás margens da Baía do Guajará, em Belém - PA.

1967
4 de Abril - É fundada, por um grupo de acionistas liderados pelo jornalista Archimedes Pereira Lima, a Companhia Cervejaria Cuiabana, em Cuiabá - MT.

- O Grupo S (Scarpa), controlador de quatro cervejarias: Rio Claro (Caracu), Santista, Cayru e Londrina (cervejaria e maltaria), se associa á Skol International Limited, uma empresa criada na Europa em 1964, por um grupo formado por seis cervejarias dentre elas a Sociedade Central de Cervejarias Portuguesas e lança sob licença a cerveja Skol International Bier.

- A Brahma lança a Brahma Chopp em garrafas mirins de 300 ml que recebe o nome de "Brahminha".

- É iniciada, com apoio da SUDENE, a construção da Indústria Pernambucana de Bebidas Antarctica - IPEBA, na Av. Presidente Kennedy, em Olinda - PE.

1968
- Victor Ruschel cria o Festival de cerveja Polka de Feliz - RS.

- É instalada a Companhia Alterosa de Cervejas, Por Hermógenes Ladeira, a primeira grande indústria do município em Vespasiano - MG, produzindo os refrigerantes Trop e neste primeiro momento não produz cerveja. (xxxx/1973)

- A Brahma inaugura a sua Estação Experimental de Cevada no Rio Grande do Sul para testar as novas variedades de cevada cervejeira e estudar suas adaptações ao solo e clima da região.

1969
31 de Janeiro - A Polar S/A - Indústria, Comércio e Agricultura, de Estrela - RS, altera sua razão social para Cervejaria Polar S/A.

Maio - É inaugurada a Indústria Pernambucana de Bebidas Antarctica - IPEBA, na Av. Presidente Kennedy, em Olinda - PE, obra iniciada em 1967.

- A Skol numa operação feita através da Sociedade Anglo Brasileira de participações Ltda. incorpora todas as cervejarias, passando a se chamar Indústrias Reunidas Skol-Caracu S/A e lança a cerveja Skol Pilsen.

1970
- Novembro - A Cervejaria Polar, lança a one way, uma garrafa de 300 ml, sem retorno.

- É inaugurada a Cervejaria Astra, pela firma J. Macêdo & Cia, em Fortaleza - CE, com produção de cerveja de marca própria.

- A J. Macêdo & Cia compra o controle acionário da Cervejaria Miranda Correa, de Manaus - AM.

- A cervejaria Loeffler, de Canoinhas - SC, cancela seu registro e oficialmente encerra suas atividades, passando a produzir, esporadicamente, cerveja.

1971
- 15 de Abril - A Skol lança a primeira cerveja em lata do Brasil em folha de flandres.

- A Brahma compra 26% das ações da Cervejaria Astra e se associa á J. Macêdo & Cia, controladora das Cervejarias: Astra, de Fortaleza - CE e Miranda Correa de Manaus - AM e passa a ter uma forte liderança para fabricação e distribuição de seus produtos no Norte e Nordeste do Brasil.

- A filial da Brahma em Curitiba (antiga Cervejaria Atlântica); &nb sp; (1942/xxxx) inovou, ao adotar engradados plásticos para o transporte de cervejas e refrigerantes.

1972
- Outubro - O Grupo BRASCAN, adquire a Companhia Mineira de cervejas - CMC, produtora das cervejas Ouro Fino e Ouro Branco. (1963/????)

- Outubro - É integrada a Cervejaria Manaus S/A - CERMAN ao complexo empresarial da Antarctica, em Manaus - AM.

- Novembro - A Brahma, filial Agudos localizada em Agudos - SP, lança a Brahma Chopp e a Brahma Extra em lata de folha de flandres.

- 01 de Dezembro - A Brahma inaugura a Cervejaria Brahma de Minas Gerais, em Mateus Leme - MG.

- A Antarctica adquire o controle acionário da Cervejaria Polar S/A com sede em Porto Alegre e fábrica em Estrela - RS.

- A Brahma associa-se á Fratelli Vita e introduz três marcas de bebidas sem álcool: a Sukita, o Guaraná Fratelli e a Gasosa Limão.

1973
- Fevereiro - O Grupo BRASCAN, que havia adquirido a Companhia Mineira de cervejas - CMC, através de uma joint-venture com a Labatt e um grupo português adquire 58% da Cervejaria Skol-Caracu S/A.

- Fevereiro - É inaugurada a unidade cervejeira da Companhia Alterosa de Cervejas, em Vespasiano - MG, apesar de ter sido instalada em 1971 e até agora estão produzindo os refrigerantes Trop, passa a produzir a cerveja Port.

- Abril - É criada a Companhia Sulina de Bebidas Antarctica, com sede em Joinville - SC, que atendendo á descentralização passa a operar com a incorporação das unidades de Ponta Grossa PR e Curitiba - PR.

- Abril - Começa a funcionar a companhia Itacolomy de Cervejas, em Pirapora - MG.

- Junho - A Indústria Nordestina de Bebidas S/A - INORBE, atual Indústria de Bebidas Antarctica do Nordeste S/A, passou a participar, como acionista majoritária, da Companhia Itacolomy de Cervejas, de Pirapora - MG.

- 15 de Outubro - A Antarctica lança, em Goiânia - GO, a pedra fundamental de um novo complexo industrial produtor de cervejas.

- 12 de Novembro - É inaugurada a Companhia Cervejaria Cuiabana, de Cuiabၠ- MT, associada Brahma, produzindo a cerveja Brahma Chopp.

- 26 de Dezembro - A Companhia Alterosa de Cervejas, de Vespasiano - MG, emitiu 100.000 debêntures conversíveis em ações com o valor nominal de 100 cruzeiros, os papéis terão prazo de 5 anos e oferecem 8% de juros ao ano mais correção monetária e gozarão de incentivo fiscal criado pelo Decreto-Lei 1238.

- 31 de Dezembro - A Cervejaria Antarctica da Guanabara Ltda, se funde com a Companhia Cervejaria Bohemia, tornando-se a filial Petrópolis da Indústria de Bebidas Antarctica do Rio de Janeiro S/A.

- A Cervejaria Brahma se associa á Companhia de Bebidas da Bahia - CIBEB.

- É criada a Cervejaria Antarctica Niger S/A, de Ribeirão Preto - SP, resultante da fusão, da Cervejaria Antarctica de Ribeirão Preto S/A, com a Cervejaria Niger S/A.

- A Antarctica associa-se com a cervejaria Pérola S/A, com sede em Caxias do Sul - RS.

- É criada a Sociedade Agrícola de Maués S.A, pela Antarctica, para processar sementes de guaraní e é formada a Fazenda Santa Helena, para pesquisa e plantio de guaranazeiros.

- A Cervejaria União Ultramarina Ltda., de propriedade de Antonio Varela Amoroso, no Rio de Janeiro - RJ, fabricante da cerveja Ultramar, encerra suas atividades. (1903/xxxx)

- A Cervejaria Serramalte, de Getúlio - RS, assume o controle acionário da Cervejaria Polka (Ruschel), de Feliz - RS.

- A Antarctica coloca em prática um conjunto de medidas com vistas á descentralização das atividades industriais e comerciais do complexo empresarial Antarctica. Nesse ano foram constituídas empresas com personalidade jurídica própria, em vários Estados brasileiros.

1974
- A Brahma além de ter se associado a 6 grandes grupos de cerveja e refrigerante, tem 9 fábricas e 1 estação experimental de cevada.

- A Brahma inaugura a Cervejaria de Brasilia S.A - CIBRASA.

- É constituída a Indústria de Bebidas Antarctica de Minas Gerais S/A, com o acervo da Filial Belo Horizonte, fabricando cervejas e refrigerantes.

- A Antarctica adquire a Cervejaria Polar S/A.

1975
- A Cervejaria Gazapina, de Santana do Livramento - RS, encerra as suas atividades.

- É construída pela Antarctica a sua filial no Rio Grande do Sul.

- A Brahma, filial Rio de janeiro, constrói os primeiros tanques ao ar livre isolados e com refrigeração própria.

  

 

Autor: Carlos Alberto Tavares Coutinho 
http://www.cervisiafilia.com.br/
Com a colaboração de: Carlos Alberto Silva e Quintella e Márcio Maso Panzani