Acessar Registrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Criar uma conta

Todos os campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
Email *
Verifar email *
Captcha *

 Labecca Cerveja e chocolate 2 840x577

A Idade Média nos ensinou que os dogmas são capazes de transformar a existência numa trajetória reacionária e retilínea. Curve-se a eles e belas paisagens periféricas serão dolorosamente ignoradas, amigos. Nesse contexto e, por muitos anos, cervejas e chocolates tornaram-se adversários gastronômicos. Quem nunca ouviu e repetiu o bordão “cerveja e doce não combinam!”?

A história, porém, revela mais semelhanças e menos contrastes entre a cor dourada de uma cerveja Pilsen e o marrom do chocolate amargo. Para começar, chocolate e cerveja são dois produtos fermentados que surgiram, provavelmente, de acidentes mais do que felizes.

Enquanto a cerveja deve ter sido criada a partir de uma cesta de cereais expostos à chuva; o chocolate, de acordo com pesquisas arqueológicas realizadas em Honduras, pode ter surgido de um subproduto acidental da… cerveja!

Balanço entre sabores doces e amargos
A arqueologia supõe que cervejeiros hondurenhos de centenas de anos atrás usaram vagens de cacau como cestos de cerveja e, em algum momento, uma alma abençoada resolveu utilizar o resíduo viscoso que cobria o recipiente para preparar uma bebida – talvez o primeiro chocolate quente do mundo!

Fato é que cerveja e chocolate são exemplos do balanço entre sabores doces e amargos. Se a cerveja combina o adocicado dos maltes com o amargor do lúpulo, o chocolate equilibra o amargor do cacau com o dulçor da lactose. Quando os tipos certos de cervejas e chocolates interagem, você pode esperar a comunhão de dois mundos mágicos – e aí, caro leitor, o futuro sorri para você.

Para provar nosso ponto, resolvemos fazer um teste de harmonização entre três estilos diferentes de cervejas e vários doces de chocolate do Labecca Café, o lugar que elegemos como o mais saboroso de Brasília. Sim, é uma questão de gosto, de gostar do que é bom nessa vida.

Entre os tipos de cerveja, procuramos rótulos com diferentes concentrações de álcool, com notas carameladas tostadas, com dulçor e também sabores ácidos. Essas são as características que mais harmonizam com chocolate e doces em geral.

Sempre que imaginamos harmonização de cerveja e comida, pensamos em semelhança e contraste, isto é, ou escolhemos cervejas que vão contrastar com o sabor de algum alimento, ou que vão se assemelhar. A brincadeira é infinita e, por isso, fizemos vários pequenos vídeos.

O que descobrimos, de fato, é que quanto mais doce e gorduroso for o chocolate, mais doce ou mais alcoólica deve ser a cerveja. Outra certeza é que cervejas ácidas combinam muito bem com chocolates brancos, marshmallow e com doces de champanhe.

Notas torradas de cervejas escuras brilham quando encontram chocolates muito doces (por contraste) e também muito amargos (por semelhança), além das versões crocantes e com nozes.

Veja abaixo os destaques de cada degustação e peça para o coelhinho da Páscoa preparar uma cerveja bem gostosa para acompanhar o seu ovo de chocolate favorito!

Tupiniquim Chocolate
Cervejaria: Tupiniquim (Porto Alegre-RS)
Estilo: Sweet Stout
ABV: 4,9%
Melhores combinações: chocolate meio amargo ou barrinha de frutas vermelhas na base de chocolate

Raspy Engine Oil
Cervejaria Harviestoun (Escócia)
Estilo: Porter com Framboesas
ABV: 5,3%
Melhores combinações: bombom de chocolate amargo com crocante e Trufa Pink Champagne (brigadeiro branco, champanhe e morango)

Votus Doppelbock
Cervejaria: Votus (Diadema-SP)
Estilo: Doppelbock
ABV: 8,5%
Melhores combinações: mini wafer de chocolate ao leite com crocante de avelã e cestinha de nozes com laranja cristalizada

Dica Turística: Se você ficou obcecado com este post e deseja mergulhar fundo nessa dobradinha, considere uma viagem para o Beer and Chocolate Festival, que acontece em Richmond, na Califórnia; ou visite o festival anual da Fegley’s Brew Works, cervejaria da Pensilvânia, também nos Estados Unidos.

Feliz Páscoa!

Fonte: Metrópoles – 30/03/2017

guia fornecedores