Acessar Registrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Criar uma conta

Todos os campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
Email *
Verifar email *
Captcha *

De olho no Verão, o Grupo Schincariol resolveu apostar pesado no estado, lançando uma novidade para a estação mais quente do ano. Líder em vendas no Norte e Nordeste, com a marca Nova Schin, a empresa escolheu inicialmente a Bahia para apresentar a sua mais nova cerveja, a Nobel, que veio incrementar o seu portfólio na linha premium. Apresentada em Salvador no início do mês, a Nobel já está sendo comercializada em outros cinco municípios baianos: Alagoinhas, Cruz das Almas, Entre Rios, Feira de Santana e Santo Antônio de Jesus. Além dessas cidades, Maceió também foi escolhida para o início da expansão da cerveja na região.

De acordo com o diretor de marketing do grupo, Marcel Sacco, a Nobel é a primeira no Nordeste a utilizar lacre de proteção na lata. “Além do lacre, ela tem mais alguns atributos específicos: espuma cremosa, dourado marcante, ingredientes selecionados, água mineral e sabor apurado, já que é um produto premium”, explica, informando que a expectativa é expandir a distribuição da cerveja para o restante do estado durante o primeiro semestre de 2008. Anteriormente, a venda do produto se concentrava em Pernambuco, pois a cerveja pertencia à Indústria de Bebidas de Igarassu (IBI), adquirida pela Schincariol em junho deste ano.

Nas versões lata (350 ml), long neck (355 ml) e garrafa (600 ml), a mais nova cerveja da Schin está sendo vendida nos principais estabelecimentos comerciais com um preço médio de R$ 1,15, R$ 1,40 e R$ 2,30, respectivamente. Sacco afirma que a Nobel, cujo mote publicitário é “Qualidade em cerveja”, veio disputar com as principais cervejas especiais, principalmente com a Bavaria Premium.

Com a compra da IBI, a empresa confirma que o Nordeste é um dos principais focos de atuação do grupo. Na região, a Schincariol lidera o mercado de cerveja com a Nova Schin (participação de 36,2%) e com o Skinka, uma bebida mista com suco de frutas. Além da Nobel, a Schincariol já confirmou a sua participação, pelo quinto ano consecutivo, no carnaval de Salvador, com investimentos da ordem de R$5 milhões. Juntamente com Itaú, Vivo e Ponto Frio, a Nova Schin será uma das quatro grandes marcas patrocinadoras da festa. “A Bahia é a nossa casa”, declara Sacco, acrescentando que, como nas edições anteriores, a empresa lançará uma lata temática especialmente para a folia. Quanto aos próximos investimentos para 2008, Sacco apenas garante que vai ultrapassar os dois dígitos. “Com certeza será maior do que este ano”, finaliza.

Fundado em 1939 na cidade de Itu (São Paulo), o Grupo Schincariol é composto de 13 fábricas, incluindo a planta de Alagoinhas. No seu portfólio, além da linha Nova Schin, composta pelas versões Munich, sem álcool, e Malzbier, complementa a família a inovadora NS2, cerveja que mistura em sua fórmula tequila e limão. Ainda na categoria pilsen, a cerveja Glacial também integra o leque de produtos. Para o segmento premium, o consumidor pode optar entre as marcas Primus e Nobel. Complementam a linha de alcoólicos a Devassa, cerveja especial, e Baden Baden, cerveja gourmet e de produção artesanal. A água mineral com e sem gás; a linha infantil Mini Schin; a Itubaína e Maçã; o Fruthos; e o Skinka integram a linha de não alcoólicos da empresa. Atualmente, a capacidade de produção anual do grupo é de cerca de 34 bilhões de litros de cerveja e 13 bilhões de litros das demais bebidas.

Fonte: Correio da Bahia - Negócios, por Graciela Alvarez - Novembro/2007

guia fornecedores