Acessar Registrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Criar uma conta

Todos os campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
Email *
Verifar email *
Captcha *

Dona da marca Itaipava, a Petrópolis também está interessada nos ativos da Brasil Kirin, segundo reportagem do jornal O Estado de S. Paulo, publicada hoje (18/11). Segundo a matéria, executivos da empresa teriam visitado três plantas da fabricante na semana passada: Alagoinhas (BA), Itu (SP) e Igrejinha (RS). Segundo fonte do mercado, a Petrópolis poderia buscar uma associação com a Kirin ou comprar fábricas separadamente. Procuradas, as duas empresas preferiram não comentar o assunto. 

Segunda maior cervejaria do País, com participação de 14% (dados Nielsen, de maio/16), a Petrópolis é a fabricante que possui maior déficit de produção no Brasil, conforme um consultor que pediu para não ser identificado.

A aquisição de ativos da Kirin favoreceria a companhia. A unidade de Alagoinhas (BA), por exemplo, permitiria expandir a distribuição no Nordeste, onde sua participação chega a 20% em algumas capitais. Já a fábrica localizada na cidade gaúcha de Igrejinha reforçaria a presença da empresa no Sul do País, pois sua atuação ainda é tímida na região. 

Outras empresas que estariam interessadas na Kirin são a Heineken e a AmBev. Conforme o jornal, a primeira já teria ido ao Japão para discutir o tema com a rival. No caso da AmBev, o interesse se justificaria para frear o crescimento da concorrência. Mas o negócio poderia encontrar dificuldades com o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica), devido à grande participação de mercado da companhia.

Fonte: O Estado de S. Paulo - 21/11/2016

guia fornecedores