Acessar Registrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Criar uma conta

Todos os campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
Email *
Verifar email *
Captcha *

Em meio a grave crise de abastecimento de água no país, que afeta principalmente o estado do São Paulo, o setor cervejeiro tem tomado medidas preventivas de racionalização e redução do consumo de água pelo setor. Os associados da Associação Brasileira da Indústria da Cerveja (CervBrasil) - que juntos representam 96% do mercado cervejeiro no país- possuem importantes projetos de preservação de bacias hidrográficas, de preservação de mananciais, de tratamentos de efluentes, e programas de reuso da água utilizada no processo industrial.

Novembro2014 Mercado ImportanciaDaAgua

A indústria de cerveja vem realizando investimos de maneira contínua para evitar o desperdício de água. Atualmente, as empresas tem utilizado reaproveitamento de água durante processos como o de pasteurização e, até mesmo, captação de água de chuva para utilização no processo produtivo, após passagem por uma estação de tratamento.

Outra ação comum é a utilização de Estações de Tratamento de Despejos Industriais (ETDI), que realizam o tratamento dos efluentes antes de lançá-los novamente na natureza. Com o uso de equipamentos de alta tecnologia o tratamento de efluentes consegue obter a remoção de até 98% da matéria orgânica.

Também são realizadas importantes ações na preservação de bacias hidrográficas por meio de um projeto próprio e pela participação no Comitê de Bacias Hidrográficas, comandado pela Agência Nacional de Águas (ANA).

Como podemos observar, temos uma indústria cervejeira contribuindo ativamente para a preservação ambiental, essencialmente da água, de suma importância para a sobrevivência humana. Aliás, vale ressaltar que muito da qualidade da cerveja deve-se a água utilizada no processo de produção. Nós, degustadores de cerveja, devemos estar duplamente atentos a essa questão.

Fonte: Sidney Rezende | Por Clarimundo Flores 09/11/2014

guia fornecedores