Acessar Registrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Criar uma conta

Todos os campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
Email *
Verifar email *
Captcha *

Outubro2014 Mercado SemAlcool02Lançadas no Brasil nos anos 90, as cervejas sem álcool têm conquistado cada vez mais consumidores conscientes das normas de trânsito do país, ou que adotam medidas especiais de saúde. Nos últimos cinco anos, o volume de vendas cresceu 5% ao ano, superior à média de 3% da bebida alcoólica no mesmo período, de acordo com a consultoria Euromonitor International. Em países como Espanha e Estados Unidos, o segmento tem sido uma categoria reconhecida e consolidada, representando até 18% do mercado total da bebida.

A Ambev, líder no setor de bebidas no Brasil, lançou a Brahma 0,0% no ano passado. "O segmento de cervejas sem álcool no Brasil ainda é pequeno, mas está crescendo especialmente com o lançamento da Brahma 0,0%. Ele quase dobrou nos últimos dois anos e representa, hoje, o equivalente a 0,9% do mercado de cerveja", explica Ana Cláudia Reis, gerente de marketing da Brahma.

Mauro Bernhard, gerente comercial das cervejas Colônia, afirmou que, apesar de ser um produto ainda em crescimento, poderá dobrar sua participação de mercado em pouco tempo. "Está tendo uma boa representatividade no portfólio da empresa. Hoje já é o segundo produto mais importante, depois do carro chefe que é a Pilsen. Na lata de 350 ml, representa de 3% a 4% do volume comercializado pela companhia", confirma.

Lei Seca – A cerveja sem álcool é uma opção para quem não pode ingerir bebidas alcoólicas por algum motivo – problemas de saúde ou mesmo a Lei Seca no trânsito, por exemplo. Mas, pela definição prevista na regulamentação da lei que dispõe sobre a classificação e a produção de bebidas alcoólicas, cervejas sem álcool são aquelas com teor alcoólico menor do que meio por cento em volume, não sendo obrigatória a declaração no rótulo do conteúdo alcoólico. Na conhecida Lei Seca, o condutor não pode ingerir nenhuma quantidade de álcool, caso contrário já é considerada uma infração de trânsito.

Mauro Bernhard conta que as cervejas sem álcool vieram no primeiro momento para atender aqueles consumidores que, principalmente por motivo de saúde, não poderiam mais consumir a cerveja tradicional. "Lançamos a nossa cerveja com teor alcoólico abaixo de 0,5% (em torno de 0,2% à 0,3%). Com o advento da Lei Seca, tolerância zero, foi necessário criar uma nova cerveja com teor alcoólico próximo de zero, que passou a ser denominada de zero por cento".

Já a ideia da Brahma 0,0% é de alavancar o setor com foco na ampliação de ocasiões de consumo, enfatizou Ana Cláudia. "O consumidor está mais consciente em relação ao consumo responsável, mas não abre mão do sabor e de uma marca de referência".

Fonte: Abralatas – 15/10/2014

guia fornecedores