Acessar Registrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Criar uma conta

Todos os campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
Email *
Verifar email *
Captcha *

O ano de 2006 terminou com o reforço da liderança da AmBev no mercado de cervejas. Dados AC Nielsen de dezembro mostram que a cervejaria ganhou meio ponto percentual de participação no mercado e chegou a 69,3%, exatamente o mesmo número registrado em dezembro de 2005.

A Femsa Cerveja, que há um ano comprou a Kaiser, passou de 8,5% para 8,6%. A marca Sol, lançada pela companhia em setembro, está com uma fatia de 0,9%. A estratégia da Femsa foi posicionar a marca Sol no mesmo patamar de preço da líder Skol, da AmBev. A Kaiser, ancorada pela comentada campanha do Baixinho, está com 4,9%, mesma fatia desde outubro. Em dezembro do ano passado, a cervejaria, ainda sob o comando da Molson Coors, tinha 8,7%. A Schincariol foi a cervejaria que mais perdeu participação.

Tanto em dezembro, quanto durante 2006. No último mês do ano, a queda foi de meio ponto. A marca passou de 11,5% para 11%. Em dezembro do ano passado, a Schincariol tinha 12,2%. Embora tenha recuado 0,1% em dezembro, a cervejaria Petrópolis, das marcas Itaipava e Crystal, foi quem mais ganhou no ano - a alta foi de 1,4%. A Petrópolis fechou 2006 com 6,7% e havia terminado 2005 com 5,3%. Entre as marcas da AmBev, Skol passou para 32,2% (alta de 0,3%), Brahma, 19,2% (menos 0,1%) e Antarctica, 12,6% (mais 0,1%).

Fonte: Valor Econômico - Empresas & Tecnologia - Fevereiro/2007

guia fornecedores