Acessar Registrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Criar uma conta

Todos os campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
Email *
Verifar email *
Captcha *

A Schincariol investirá US$ 30 milhões para ampliar em 25% a capacidade de produção de sua fábrica de Alagoinhas (BA), a 108 quilômetros de Salvador. Com o novo aporte, os investimentos da companhia no Nordeste sobem para cerca de R$ 200 milhões. A empresa está construindo, no Ceará sua décima planta. Com as obras em Alagoinhas, que devem ser concluídas já em outubro, passará de 50 milhões para 62,5 milhões de litros a capacidade de produção de cerveja e refrigerante da unidade. A unidade baiana, que completa dez anos em 2007, é a segunda maior da companhia. A maior fica em Itu (SP), terra natal da empresa. O plano de investimento da Schincariol foi apresentado na última quinta-feira ao governador da Bahia, Jaques Wagner, pelo diretor de relações institucionais da empresa, José Domingos Francischinelli. Por meio de sua assessoria de imprensa, a companhia confirmou o novo aporte. Atualmente, a fábrica tem 650 funcionários diretos, mas a obra deverá elevar esse número para 800 pessoas. Na reunião com o governador baiano, Francischinelli tratou, entre outros temas, da obtenção de incentivos fiscais para o investimento.

A empresa, porém, não forneceu detalhes. O investimento ampliará o abastecimento em Alagoas e Sergipe e em parte de Pernambuco e Ceará. A empresa responde por 16,5% da produção nacional de cerveja, dominada pela AmBev, mas lidera as vendas na Bahia com fatia próxima de 40%. O reforço na unidade baiana amplia os investimentos da empresa no mercado nordestino, onde ficam quatro de suas dez fábricas. As obras da décima unidade, localizada em Horizonte (CE), foram lançadas no fim de 2006 e serão concluídas até dezembro. O investimento de R$ 135 milhões deverá gerar 160 empregos diretos. Na região, a empresa produz também em Recife e em Caxias (MA). Em solo baiano, as concorrentes Femsa e AmBev também têm fábricas. Em Feira de Santana, a 110 quilômetros de Salvador, a Femsa acaba de investir R$ 1,2 milhão para implantar a linha de produção da cerveja Summer, comercializada na versão long neck. Na unidade, a companhia já produzia Kaiser Pilsen, Bavaria Pilsen, Bavaria Premium, além dos chopes Kaiser, Bavaria e Xingu, envasados em barris de 30 e 50 litros.

Fonte: Valor Econômico - Empresas & Indústria - Abril/2007

guia fornecedores