QUALIDADE - Sono e cansaço durante o dia? Saiba como fugir desses vilões da produtividade

Dormir bem é fundamental e isso não é segredo para ninguém. Uma noite de sono conturbado deixa qualquer um esgotado no dia seguinte, isso porque o corpo precisa de um período de pausa e descanso para continuar respondendo às atividades diárias.

Um estudo realizado pela Universidade de Durham, na Inglaterra, confirmou a importância de uma boa noite de sono. Ao testar as habilidades aritméticas e de tempo/espaço de mais de 300 mil pessoas, os pesquisadores descobriram que o grupo que dormia mais tempo teve índices mais altos de acertos nos testes.

A quantidade de tempo é um aspecto considerado quando falamos sobre sono, mas a qualidade é de extrema importância também. Além disso, outros hábitos e comportamentos podem contribuir para o bom desempenho profissional.

Dormir tem hora sim... Mas é importante descansar!

O estudo revelou que o grupo que dormiu sete horas por noite teve resultados positivos. Segundo os pesquisadores, é esse o período ideal para dedicar-se ao sono. Mas não é só isso: a qualidade deste descanso conta muito. "Dificuldades para adormecer, sono agitado e erros em tarefas simples podem indicar sono de má-qualidade", aponta Karina Santos, consultora de Desenvolvimento Organizacional da Luandre.

Hora de dormir é um momento para realmente desligar, sem celulares por perto e, idealmente, sem preocupações com relação ao dia seguinte.

Organização pode ajudar

Para que a noite não venha acompanhada por um turbilhão de ansiedades com relação às atividades do dia seguinte, a dica é organizar-se. "Calcule quanto tempo você gasta para realizar cada tarefa e, depois, as distribua durante o dia estabelecendo prioridades", ensina a consultora. Avaliar cada atividade antes mesmo de começar pode ajudar, e muito, no desenvolvimento das tarefas e no não acumulo delas durante o dia. "Analise em que período do dia você se sente mais disposto e realoque para essa faixa de horário as tarefas mais importantes", orienta.

Cobre-se menos (um pouco menos!)

Mesmo sendo uma pessoa organizada, nem sempre é possível dar conta de tudo num só dia. E isso é normal. É preciso abandonar um pouco o sentimento de culpa e autocobrança - eles são grandes vilões de um sono tranqüilo e da produtividade. Além disso, a cobrança procrastina entregas, outro fator de atenção. "A autocobrança excessiva pode gerar um estado de insatisfação constante, onde o profissional faz revisões demais antes de entregar o trabalho e tem dificuldades em aceitar feedbacks negativos, justamente por ter buscado a perfeição", aponta Karina. Essa postura pode gerar retrabalho e perda de tempo.

Respeite-se mais.

Quando está funcionando em seu limite, o organismo emite uma série de alertas de que é preciso desacelerar. Além do cansaço em si, gripes e resfriados constantes, dores de cabeça e pensamento mais vagaroso costumam ser companheiros de quem exagera na jornada de trabalho. Para pisar no breque, vale estabelecer pausas durante o dia, como a do cafezinho, 10 minutos para um simples alongamento e uma desligada rápida, podem fazer grande diferença, aconselha a especialista.

Fonte: Da Redação Emprego Certo do UOL – 13/08/2014